Categorias
cordel martelo repente

Rasteira de fraco põe forte no chão

Rasteira de fraco põe forte no chão
É isso que a vida nos tem a mostrar
O vento que sopra aqui sopra lá
O forte é que acha que pega de mão
Na boca de calça ou no arrastão
Achando que a força é que vai derrubar
Não sabe do jeito que o corpo dá
E nem o que pode fazer esse nego
Que é fraco e mirrado mas não dá sossego
E lhe bota deitado na beira do mar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *